Por que os cachorros lambem?

Por que os cachorros lambem?

Muitos cães simplesmente amam lamber seus donos e costumamos chamar de beijo de cachorro, ou lambeijo!

Os tutores interpretam a lambida de seus cães como uma forma de demonstrar afeto.

Mas será que é só isso? Continue lendo para entender melhor sobre o assunto!

Uma pergunta que muitos tutores se fazem é se é saudável deixar o cachorro lamber suas mãos e muitas vezes seu rosto.

Como os animais tem uma forma mais limitada de comunicação, as lambidas ajudam na transmissão de sentimentos e emoções!

Os lobos, antepassados diretos dos cães, trouxeram este hábito e até hoje costumam lamber os animais que gostam.

Assim, nossos cães domésticos carregam em sua genética os hábitos de seus ancestrais.

Eis a questão, deixar seu cachorro te lamber pode fazer mal? Bom, como tudo na vida, claro que existem pontos de vista…

Afetivamente falando, as lambidas de um cão em seu dono aumentam o vínculo afetivo entre ambos. Nada melhor do que ver o animal feliz e seu tutor também!

Mas, será que do ponto de vista médico as lambidas dos cães são tão inofensivas assim?

Essa pergunta divide especialistas, mas cá entre nós? Um beijinho vez ou outra, todo mundo ama!

O poder da língua dos cães

Como é de se imaginar, a língua dos cachorros não serve só para beijar os donos! Brincadeiras à parte, os cães também dissipam o calor por ela, como já contamos em nosso artigo sobre os cuidados com os pets no verão.

E por incrível que pareça, tem mais coisa! Temos o básico, que é sentir o gosto das coisas, e… Ela os ajuda a captar sinais de outros animais pelo caminho por sua profunda relação com o apurado olfato dos cães, incrível, né?

Ah, os cães também usam a língua como uma forma de explorar o ambiente em que vivem, ou, quando estão um novo local.

Assim, demonstrar afeto é só mais uma das múltiplas funções da língua dos cães.

Onde foi a lambida?

Quando o cachorro lambe perto da boca, é possível que esteja pedindo sua aprovação e demonstrando respeito.

Quando filhotinhos, eles costumam lamber o queixo da mãe para pedir comida.

Então, além de uma demonstração de afeto, seu cão entende que você é o líder.

Ansiedade à vista?

Um cachorro ansioso pode lamber suas patas constantemente como forma de aliviar o estresse, ou até mesmo como forma de chamar sua atenção.

Fique atento aos sinais que seu cachorro apresenta, e se surgir qualquer dúvida, fale com um médico veterinário.

Será que é amor?

Com certeza! Assim como nós, os cachorros manifestam afeto fisicamente. E, para eles, lamber é uma forma de demonstrar amor e carinho!

Se seu cão receber um carinho depois de te lamber, ele interpretará como uma forma de retribuição.

Eles também criam essa referência por conta das lambidas de amor que recebiam de suas mães quando filhotinhos! Fofo né?

E assim se inicia um ciclo de afeto e ele vai sempre tentar te lamber para receber carinho.

Mas, fique atento, também pode ser medo…

Por isso você deve sempre prestar atenção no comportamento do seu cãozinho!

Se seu pet te lamber de forma mais fraquinha, sem vigor, com a cauda mais baixa, podemos interpretar de outras formas…

Se ele estiver agindo assim pode ser medo, receio, submissão, pedido de aprovação ou demonstração de lealdade.

Seja gentil com ele!

Que fominha!

Se seu cachorro estiver lambendo muito o focinho e abrindo a boca, pode ser fome.

Às vezes até uma lembrança de quando ainda era filhotinho, a espera de que que a mãe o alimentasse.

Hora da faxina!

Os cães são animais limpinhos, especialmente enquanto filhotinhos, quando ganham vigorosas lambidas de suas mães!

Sabia disso? Eles não são gatos, mas, também tem essa mania de se manterem limpos com lambidas.

Faz mal?

Bom, não necessariamente… Embora não seja recomendado deixar um cachorro lamber seu rosto, não há motivo para alarme.

Existe a possibilidade sim da transmissão de alguma doença, mas, podemos comparar com o hábito de levar nossas mãos à boca sem lavar, por exemplo.

Seu cachorro te deu um super-beijo de amor? Lave com água corrente, simples assim!

Mas, não esqueça, sem exageros! Alguns veterinários afirmam que uma lambida de cachorro pode transmitir bactérias como a E. Colli e Salmonela.

Portanto, não é ideal você deixar com que seu pet fique em uma longa sessão de lambeijos!

Principalmente na área do rosto, isso com certeza vai ocorrer, mas saiba controlar esse momento.

Um beijo saudável!

Veja, um animal, por mais amado que seja, não deve ficar nos lambendo, mas, caso você não se importe, ou até mesmo goste, há meios de tornar o hábito do seu cãozinho mais saudável para vocês dois. Afinal, depois de um longo dia fora de casa, por exemplo, também voltamos com algumas bactérias a mais para casa e não é legal para eles, né?

Os cuidados são simples, como manter a vacinação e a vermifugação em dia, idas rotineiras ao médico veterinário também já irão evitar alguns possíveis problemas.

Nos passeios, evite que ele mexa em lixeiras, locais sujos, ou com fezes de outros animais.

Um banho semanal, ou quinzenal, também vai manter seu pet limpo, cheiroso e saudável, sem pulgas ou carrapatos.

 Não, obrigada!

Se você acha tudo muito lindo, porém apenas com os outros, não vê a mínima graça em ser beijado por seu animal, ou até mesmo tem nojo, saiba que é super normal!

Nossa dica é: desestimule seu pet a te lamber!

Virar o rosto durante as tentativas de lambida é uma forma simples e eficaz.

Os cães são espertos, são bem capazes de entender que os gestos significam vontades, e com o tempo e educação, compreenderá que não deve te lamber.

É tudo uma questão de estabelecer equilíbrio, sempre com muito cuidado e paciência! Afinal, são serzinhos muito especiais e com tantos sentimentos quanto nós humanos, não esqueça disso, ok?

E aí, qual é o comportamento do seu pet?  Ele é do time dos lambeijos excessivos ou é mais quietinho? Conta pra gente!

E não deixe de conferir os outros conteúdos do nosso blog, foram todos feitos com muito carinho para te ajudar a cuidar e entender mais sobre seu companheirinho!

Deixe uma resposta

Fechar Menu